Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Hoje

Dia de Hoje

12
Nov21

Dia de hoje 13

Zé Onofre

 13

 

 2021/11/12

 

Era sempre no mês de Setembro,

Ou talvez em Outubro,

No Outono era de certeza 

E disso não abdico.

 

O sol do Verão amarelecera os campos.

Nas terras mais fundeiras

O verde, mais ou menos, límpido

Resistia ainda ao calor.

 

As espigas haviam emigrado para a eira,

Onde, entre alegria,

Modas acompanhadas por rabecas,

Braguesas e cavaquinhos,

Seriam desfolhadas.

 

De vez em quando – Milho-Rei-

Seguidos de abraços e risinhos

Murmúrios com todas as intenções

Rodavam de boca em boca.

 

Após a fuga do milho para a festa,

Estendido, na cama verde, ficou

Um fruto enorme e rastejante,

Um sol irradiando fogo.

 

Miúdos, traquinas e divertidos,

Sorrateiros levavam o sol brilhante,

Para a oficina dos medos.

Onde moldavam uma cadavérica cabeça.

 

Olhos raiados de vermelho,

Dentes de cebola sangrando,

Mais tarde iria para a casa do terror,

A mina onde a fonte bebia água fresca.

 

Nas desfolhadas quase a acabar,

Dançavam copos com garrafões,

Corpos com corpos em fogo,  

Ficava a cabeça a rodopiar.

 

Os pequenos escapavam-se de fininho,

Lestos iam à casa dos terrores,

E dentro da cabeça enorme acendiam

Uma vela que ensanguentava tudo.

 

Tudo pronto. Bastava esperar

Que os sequiosos troca-pernas

Fossem refrescar com água corrente

As gargantas queimadas pelo carrascão.

 

O momento épico, ansiosamente

Esperado pela criançada,  

Vinha atrás, tropeçando nas pernas,

Em esses perigosos chegava à bica.

 

De olhos arregalados,

A fugir às arrecuas da água,

Gritava com puro pavor

Que o diabo estava no fundo da mina.

 

Com o realismo, que a toldada

Cabeça pelo tinto verde

Permitia, ti-ti-nha o os o-o-lhos ver-ver-me-lhos   

Dos seus den-den-tes es-co-corrri-rri-a san-san-gue.   

 

Assim se encerrava o Verão

Com um diabrete aboborado

Que o sol amadurecera

E mão  traquina  terminara.

  Zé Onofre

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub