Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Hoje

Dia de Hoje

10
Mai22

Comentário 264

Zé Onofre

               264  

 

022/05/10

 

Sobre Teimosamente, por Isabel Silva em 6/05/22 no blog imsilva.blogs.sapo.pt

 

 

Que mistérios guardarão as lágrimas,

Nascidas das rochas puras dos olhos?

Nenhum segredo, nenhum tesouro,

“Água quase tudo e cloreto de sódio.”
 

Se são todas assim tão simples,

Qual a razão de umas serem alegres

Como um campo de malmequeres

Em dias de primavera?

 

Se são todas assim tão simples,

Qual a razão de outras serem puras

Como um ramo de açucenas

Nas manhãs de uma criança?

 

Se são todas assim tão simples,

Qual a razão de algumas serem quentes

Como um campo vermelho de papoilas,

Que irrompem dos campos jovens?

 

Se são todas assim tão simples,

Porque é que as há tão frias,

Como lírios brancos pousados

Em canteiros sem vida?

 

Se são todas assim tão simples,

Por que as tão dolorosas

Como canteiros de belas rosas

Que atraem incautos para os arranhar?

 

Se são todas assim tão diferentes,  

Nascentes dos nossos olhares,

É preciso analisá-las outra vez

Para sabermos que novos ingredientes

Há na “água quase tudo e cloreto de sódio”.
 Zé Onofre

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub